Confiaria minha vida a Hagrid



Hagrid foi a primeira pessoa a encontrar Harry depois que o Lorde das Trevas matou seus pais. Recolheu o pequeno bebê dos escombros e o levou, na moto emprestada pelo padrinho da criança, Sirius Black, para a casa dos Dursley.

Naturalmente, onze anos depois, Hagrid foi incumbido de buscar Harry e o contar o segredo que mudaria sua vida para sempre. Ele era um bruxo e estava aceito na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, onde aprenderia a usar magia corretamente.

Foi quem o levou pela primeira vez ao Beco Diagonal, onde comprou os materiais escolares e ganhou uma linda coruja branca, que o acompanharia durante toda saga.

A pedido de Dumbledore, retirou a Pedra Filosofal do cofre 713 no Gringotes e a levou para Hogwarts. Também ajudou a protege-la, emprestando Fofo.

Logo no início destas aventuras, Hagrid ganhou um ovo de dragão e foi mamãe de Norberto, mesmo que por pouco tempo.

Acusado injustamente de ter aberto a Câmara Secreta e matado uma estudante, foi expulso da escola, mas permaneceu no terreno como guarda-caça. Manteu a grande Aragogue dentro da Floresta Proibida e foram amigos fiéis até a morte da aranha.

Depois foi parar na justiça quando Lucius Malfoy conseguiu pena de morte para Biguço, depois que o hipogrifo atacou seu filho.

Hagrid sempre foi amigo, tanto dos humanos, quanto dos animais mais selvagens. E nunca,jamais, permitiu que insultassem Alvo Dumbledore na frente dele.

Obviamente, foi quem levou Harry para longe da Rua dos Alfeneiros de vez, quando completou 17 anos. E o segurou nos braços aos prantos, quando considerado morto pelo Lorde das Trevas.

O abraço, dado em Hagrid por Harry ao fim de As Reliquias da Morte é, ao meu ver, um dos mais emocionantes de toda série. 

O propósito do texto é claro. E caso ainda não tenham percebido, gostaria de dizer que, pelo coração enorme e bondade infinita até com os mais estranhos animais, assim como Alvo Percival Wulfrico Bryan Dumbledore, confiaria minha vida a Hagrid. E você, confiaria a sua?





  


0 Responses