Conheça um pouco da rotina dentro do set de Animais Fantásticos


Um correspondente do Pottermore entrou nos trailers dos atores de Animais Fantásticos e contou como são, o que fazem lá e como relaxam.

“Já passou da meia noite no set de Animais Fantásticos. É inverno. Nada melhor que entrar no trailer de uma pessoa famosa para esquentar.

Obviamente existem cenas noturnas em todos os filmes. Mas você já pensou em como é filma-las? Nem eu. Isso, antes de eu pedir para estar no set às 2 da manhã.

Durante os meses que leva para filmar um filme, há momentos ameaçadores conhecidos como ‘filmagem noturna’. É o que parece ser, filmar a noite. Em Animais Fantásticos, isso significava que o horário de trabalho dos atores era às 16h e a filmagem para ‘dia’ era às 2 da manhã.

Os atores se tornaram noturnos, maquiadores trazem produtos para fazer todos parecerem bem no crepúsculo e o diretor David Yates trocou seu boné por um gorro, por causa do frio da noite.

É quando o nobre trailer se torna especialmente importante. Um trailer de ator é seu santuário entre as cenas. É um lugar para comer, tirar um cochilo em uma cama de trailer, ligar para a família, checar seu Twitter para notícias, realizar rituais pessoais ou passar um tempo precioso em um roupão e Ugg Boots.

Em breve, te levarei para dentro de um desses trailer. Mas primeiro, um passeio entre os trailer no set. É uma boa vista, você vê: van-casas de vários tamanhos, estacionadas em duas grandes fileiras na lama, aproximadamente 90 metros a pé das ruas de Nova Iorque de Animais Fantásticos.

Há um número escrito em um pedaço de papel laminado pendurado na frente de alguns trailers. Eddie Redmayne come e dorme no Trailer 1. Katherine Waterston está no Trailer 2, e assim por diante.

Enquanto você passeia, relaxa em um casaco e sapatos de chuva, você pode ver Ezra Miller sentado na porta do seu trailer, segurando um copo de chá quente. Há um fio de fumaça dançando pra fora da janela de outro trailer e o cheiro chocolate quente de outro. É um lugar calmo, meio assustador nas primeiras horas da manhã, com um vago sentimento de parque de diversões abandonado. 

Dentro de cada trailer, alguém famoso está mergulhado em algum estado. Algumas pessoas ficam com o figurino, até personagens; outros se empenham seu tempo sem fazer nada. Para entrar em um desses trailers, você pula perigosamente três degraus e desliza por uma porta de metal. Há uma pequena cozinha na esquerda já na entrada, uma mesa de pedra na direita, uma cadeira no centro e um sofá perto da janela traseira.

Normalmente, o chão é cheio de roteiros, roupas e outras coisas pessoais. A visão de um ângulo mostra um pequeno banheiro, todo branco, que leva a um quarto modesto. A luz de teto é brilhantemente neon e berrante, mas há algo familiar nesses pequenos objetos, alguma beleza na falta de glamour. Existe algo intoxicante sobre como eles são normais, tirando o talento que dorme lá.Você poderia ficar por lá, mas tem uma batida na porta e é hora de voltar ao trabalho. As câmeras estão esperando; o filme não vai se filmar sozinho.”

Tradução de Beatriz Baptista
0 Responses