Stuart Craig descreve vários detalhes criados por J. K. Rowling para o MACUSA


O designer de produção de Harry Potter e Animais Fantásticos e Onde Habitam, Stuart Craig, falou ao correspondente do Pottermore sobre os detalhes do prédio do MACUSA (Congresso Mágico dos Estados Unidos da América) idealizados por J. K. Rowling. Confira abaixo a matéria na íntegra:


Terça-feira, 26 de abril de 2016 
O Correspondente Pottermore conversou com o designer de produção Stuart Craig sobre o memorial Salem dentro de CMEUA (MACUSA, no original).
O prédio que abriga o Congresso Mágico dos Estados Unidos da América é quase tão imponente quanto o banco Gringotes. É vasto e grandioso. Revestido em ouro, esmeralda, castanho-avermelhado e preto. Abarrotado de bruxas, bruxos e Aurores em negócios mágicos. É o equivalente americano do Ministério da Magia, então esperem níveis parecidos de esplendor sinistro.
Para deixar sua imaginação preparada, pedimos para o designer de produção Stuart Craig para descrever exatamente o que pode ser visto quando entramos no local. Stuart (Norman Stuart Craig OBE, se quisermos ser formais) trabalhou em todos os oito filmes de Harry Potter, trazendo os lugares criados por JK Rowling à vida com a precisão do feitiço Legilimência.
“Quando você entra no prédio do CMEUA, você se depara com um lance de escadas para o lobby principal…” ele disse, com um coaxar cativante em sua voz.
“Sobre você, nesse prédio com 230 pés de altura, não há andares. Há somente um espaço gigantesco como de uma catedral com centenas e centenas de janelas. As primeiras coisas que você verá, provavelmente, são as fênix. Elas tem 12 metros de altura! Grandes esculturas de fênix douradas, revestidas em folha de ouro. São bem esplêndidas, na verdade. São trabalhos do nosso principal escultor, Bryn Court. Somos extremamente sortudos em ter alguém tão habilidoso no nosso time.
Bryn, assim como Stuart, é um reverenciado criador de Harry Potter. Ele foi responsável pela criação do Salgueiro Lutador, a lápide dos Riddle e os portões de Hogwarts, entre outras coisas. E seu trabalho arquitetônico para Animais Fantásticos é igualmente empolgante, como atestou Stuart.
“No meio desse vasto espaço, há um enorme memorial às bruxas de Salem. JK Rowling escreveu isso no roteiro. As bruxas no memorial são esculturas de bronze, levemente maiores do que na vida real. Elas estão paradas no meio da multidão, então as pessoas podem passar pelo memorial e do lado das bruxas”.
Toda estátua representa alguém que perdeu sua vida nos Julgamentos das Bruxas de Salem de 1692. Ter esse memorial dentro do CMEUA prova quão profundamente esse evento marcou a comunidade mágica do mundo de Animais Fantásticos.

O comovente memorial às bruxas de Salem, encontrado no CMEUA.


Tradução: Juliana Torres/Ish
0 Responses