Malfeito feito: estereótipos marotos dentro e fora dos livros




Fornecedores de recursos para bruxos malfeitores e criadores do fantástico Mapa do Maroto, Aluado, Rabicho, Almofadinhas e Pontas não foram apenas quatro jovens bruxos que passaram por Hogwarts durante os sete anos de estudo na escola de bruxaria. Sabemos que todos participaram da formação original da Ordem da Fênix durante a primeira Guerra Bruxa, que, com exceção de Remus Lupin, os outros três conseguiram se transformar em Animagos no quinto ano - sem o devido registro do Ministério da Magia -, e que eram amigos inseparáveis e desordeiros de primeira. Bem, pelo menos é isso que conseguimos constatar nas poucas informações que obtivemos ao longo dos sete livros da saga.

Formalmente os Marotos nos são apresentados em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, apesar de todos sabermos que Tiago Potter é pai do nosso querido garoto que sobreviveu e que foi tragicamente assassinado por Voldemort. Mas não se sabíamos até então que ele tinha a sua trupe, os seus companheiros de aventuras. Depois disso somos levados a conhecer que Tiago era o popular e destaque do time de quadribol, Sirius foi o primeiro Black a quebrar a tradição de ser selecionado para a Sonserina, Remus sempre mais reservado por conta de seu probleminha peludo e Peter se esgueirava como uma sombra do seus amigos, sempre bajulando os feitos deles. Porém, com bem menos informações nos livros do que os fãs gostariam de ter, a era dos Marotos é um tema bastante abordado pelos por aqueles que sonham com a J.K. Rowling escrevendo um livro sobre essa geração um dia.

E é nesse embalo que nos deparamos com as fanfictions - ou fanfics -, histórias criadas por fãs que pretendem preencher possíveis lacunas existentes na saga. Então nada melhor do que imaginar como foram as aventuras dos Marotos em Hogwarts em diferentes pontos de vista. Imaginar quantos foras Tiago levou até o dia em que Lílian finalmente aceitasse sair com ele, como o fato dele ter sido Monitor-Chefe o ajudou a se tornar mais maduro e como foi construída a amizade desses quatro garotos, que de transgressores de regras passaram a lutar bravamente contra os aliados do Lord das Trevas na primeira Guerra Bruxa.  E assim os Marotos de J.K. vão se tornando os nossos Marotos.

Ela nos mostrou em Harry Potter e a Ordem da Fênix que Tiago Potter gostava de assanhar os seus cabelos, para deixar um ar de que acabara de descer de sua vassoura. Logo, nas fanfics, vocês se depararão com um líder dos Marotos mulherengo, que gosta de azarar os outros alunos a torto e a direito, sendo um poço de rebeldia e arrogância. Sirius, por tabela, atribui-se as mesmas características, porém um dose a mais de superioridade. Remus é o centrado, ele pode até se envolver com as presepadas dos amigos, mas no final está sempre lá para chamá-los a razão. E Peter é a sombra dos três. Muitas vezes o excluído das fanfics, com míseras falas em poucas cenas, quando não é totalmente ignorado pela traição cometida.

Dessa forma os fãs se agarram a pequenos detalhes da obra para construírem suas narrativas ficcionais, atenuando bastante essas características citadas anteriormente, criando os estereótipos marotos com base em meia dúzia de citações e lembranças. O melhor de tudo é que essa cultura de fanfics acaba se mesclando com alguns fatos apresentados nos livros e que se confundem nas discussões sobre os personagens de Harry Potter.

Enquanto isso todos esperam pelo dia que a autora irá anunciar um spin-off da saga para sabermos se realmente Tiago foi um mulherengo arrogante ou se Sirius Black ficava correndo atrás de vários rabos de saia também. Não, J.K. Rowling não nos deu muitos detalhes sobre isso, mas nós podemos adentrar neste mundo de fantasias e sonhar como aconteceu.

2 Responses
  1. Patricia Says:

    Como o Sirius era descrito como bonitão e arrogante, acho mais fácil as garotas correrem atrás dele do que ele correr atrás delas. E quanto ao James, ele sempre foi apaixonado pela Lilian, então não acredito que ele era mulherengo. Ele gostava mesmo era de se exibir para ela. kkkkkk


  2. E esses estereótipos criados nas fanfics às vezes são tão bem construídos que acabam se tornando quase que "um padrão". É até estranho encontrar fics em que os marotos não possuem as personalidades descritas acima, porque já se tornou algo tão natural imaginá-los assim, que quem diz o contrário acaba em uma tremenda discussão voltada pra especulação das personalidades deles. Enfim, parabéns pelo texto! Gostaria de ler muito mais sobre os nossos queridos Marotos! hahaha