Retratos vivos podem se tornar realidade, diz pesquisa



Fotos e retratos que se movem, muito semelhantes àqueles vistos em Harry Potter, podem se tornar uma nova realidade. É o que ressaltam os resultados de novas pesquisas de um projeto que visa desenvolver um papel que possa ser aprimorado com hyperlinks, animações e música.

O professor David Frohlich, da Universidade de Surrey, recebeu recentemente 1,17 milhões de libras do programa de Economia Digital para realizar pesquisas "que permitissem aos leitores interagirem com materiais impressos como nos retratos de Harry Potter".

O Professor Frohlich falou sobre o projeto de pesquisa, que ele chama de "papel da próxima geração":

"Nós planejamos dar ao papel físico um novo contrato de vida digital. Elementos de um tipo de papel interativo têm sido planejados como um protótipo há algum tempo, mas esperamos que a nossa investigação ajude a criar uma massa de mercado de uma nova geração papel para o século 21."

A nova forma de papel será interativa, e os leitores serão capazes de virar ou tocar a página para interagir com textos e fotos. Sensores eletrônicos e chips dentro do papel vão dar o poder de criar 'imagens em movimento', basicamente como um fino tablet / smartphone de papel?

O professor Frohlich também salienta os valores de sua pesquisa:

"O projeto criará novas oportunidades de negócios para a economia digital, que vamos pesquisar em paralelo com a tecnologia.
Por exemplo: os editores poderão agregar valor aos produtos e serviços de impressão, conectando-os ao material digital, enquanto as empresas da web poderão usar o papel como uma interface tangível para informações on-line."

Estamos entusiasmados por ver os desenvolvimentos deste projeto - J.K. que nos diga! A visão de Rowling a respeito de retratos em movimento, como Profeta Diário, em breve já não será ficção!

Imagem relacionada
0 Responses