Em entrevista, David Heyman, produtor de Animais Fantásticos, comenta sobre o segundo filme


Nos últimos dias, a Entertainment Weekly, revista semanal norte-americana, divulgou alguns trechos de uma entrevista exclusiva feita com o produtor de Harry Potter e Animais Fantásticos, David Heyman. A entrevista aborda principalmente o segundo filme da saga, que pode ser abordado como “Os Crimes de Grindewald”.

Como o título oficial e as imagens do elenco caracterizado foram divulgados há duas semanas, os fãs estão voando mais alto do que Harry com sua Firebolt, e a maioria está satisfeita com a presença de Jude Law como Alvo Dumbledore jovem.


Com feição calma e enigmática, com seu sobretudo pesado e azulado, ele aparenta ser um personagem formidável e carismático, exatamente um modelo de bruxo que seria admirado por alunos e colegas. Jude Law interpreta essas características com perfeição, e Heyman aborda essa convergência em sua entrevista.

Ao ser questionado sobre sua perspectiva a respeito do elenco, enfatizando principalmente Jude Law, Heyman afirmou:
"Uma das razões pelas quais escolhemos Jude é que ele tem muitas das qualidades que encontramos em Dumbeldore nos filmes de Harry Potter... Ele tem autoridade, ele tem um brilho nos olhos e ele, às vezes, é um pouco elíptico. Então você tem isso, mas também tem essa energia jovem e contagiante. Ele traz esse brilho, maldade, autoridade e poder, mas, ao mesmo tempo, traz muito mais energia jovem para o filme. Você entenderia por que ele seria seu professor favorito e seria alguém que você acredita ser um bruxo extraordinário".

Heyman salienta durante sua avaliação a capacidade de Law para trazer todas as nuances de um personagem complexo: o intelecto, o humor e o poder latente. De “O talentoso Ripley” e seu retrato de dr. Watson em Sherlock Holmes, para suas recentes voltas como em  Rei Arthur, o ator fez uma carreira misteriosa naturalmente, fazendo personagens com força, astúcia e inteligência até mesmo quando interpretou vilões.

O produtor ainda ressalta o fato de o filme se passar, em sua maior parte, em Paris:
"Nós mergulhamos mais profundamente no mundo mágico de Jo - estamos em Paris, estamos em Londres e Nova York - o mundo mágico está se expandindo... Como você pode dizer a partir da imagem, estamos seguindo alguns personagens. O novo filme tem um clima muito diferente do primeiro. Tem um tom de suspense, junto também de uma história de amor e paixão em todas as suas formas - familiares, românticas e políticas. É uma aventura emocionante e muito divertida. Pegamos tudo o que aprendemos com o primeiro filme, expandimos isso e criamos um filme ainda mais rico, mais profundo e  mais emocionante, com o qual estou ansioso por fazer parte".

Parece que o enredo vai ser tudo aquilo que nós, fãs, estávamos esperando. Assim que a entrevista for lançada em sua integralidade, voltaremos com mais trechos com David Heyman.

Entrevista traduzida e adaptada de The Leaky Cauldron
0 Responses